terça-feira, 11 de novembro de 2008

Inspirado pela saudade


O cenário é composto por xícaras de porcelana pintadas com pequenas flores e detalhes dourados, a cozinha parcialmente aberta com uma grande janela de vidro que se torna um quadro de paísagem viva, na mesa além das xícaras, mamão picado, leite em um bule branco, pão e mel; O vento entra pela janela, e o som que a faz cantar vem da sala, a música traz o sentimento de que esse dia deve ser maravilhoso, aliás, porque duvidar disso?
A brisa lhe toca o rosto, a melodia lhe toca o coração; O sentimento é tão forte e tão sublime, que nãos e contenta no corpo que o sente, palpita o diafrágma, alcança as cordas vocais e faz existir um som agradável para aquele que a ouve ainda deitado na cama.
A melhor hora da manhã é aquela que o dia penetra lentamente sobre cada sentido que se inicia!
Deitado ainda foi despertado pelo cheiro de leite quente com mel, que trouxe um conforto agradável, junto com a voz que entrou no quarto com um suave frescor desta manhã que prometeu um raiar diferente para aqueles que antes mesmo de acordar foram justificados pelo don de vencer na vida idependente de quanto labor lhes custasse.
...to be continued...

Um comentário:

paulo henrique alves de macedo disse...

ohhhhhhhhhhhhhhhhh ficou legal....
acordou inspirada hoje heim....
goxxxxtei.....
hauhauha....